Frei Galvão através dos tempos

Em 1972, a Câmara Municipal de Guaratinguetá, a Sociedade Frei Galvão e o Centro Social de Guaratinguetá, reverenciando o 150º aniversário da morte de Frei Antônio de Sant’Ana Galvão, organizaram uma série de eventos no dia 23 de dezembro de 1972. Em Guaratinguetá, à tarde, foi inaugurado o MUSEU FREI GALVÃO, com a bênção do Cardeal Dom Carlos Carmelo de Vasconcellos Motta.

Foi então autografado a primeira edição do livro “Os Galvão de França no povoamento de Santo Antônio de Guaratinguetá”, em dois volumes, de autoria de Carlos Eugênio Marcondes de Moura.

A festa se encerrou à noite, com missa solene na Matriz de Santo Antônio, por intenção de Frei Galvão, nos 150 anos de sua morte.

Índice