Frei Galvão através dos tempos

Pedreiros, serventes, carpinteiros, oleiros, ferralheiros, mestres-de-obras, empreiteiros, desenhistas, pintores, arquitetos, engenheiros e todos aqueles que estão ligados à arte de construir, possuem hoje seu Patrono no Brasil: o Santo Frei Galvão. O título foi concedido no ano 2000 pelo Papa João Paulo II.

A obra de Frei Galvão, como arquiteto – o Mosteiro da Luz – recebeu sua inscrição como Monumento Nacional em 1943, no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Em 1988, foi honrado com a sua declaração pela UNESCO, como Patrimônio Cultural da Humanidade, um título muito merecido, mas também muito difícil de ser alcançado.

A tela a óleo reproduzida no santinho, de autoria da artista guaratinguetaense Nazareth (Maria Nazareth Coelho Antunes de Oliveira) foi doada ao Papa Bento XVI, quando de sua estadia em Aparecida, no ano 2007, após a canonização de Frei Galvão.

Índice