Frei Galvão através dos tempos

A certeza de que Frei Galvão estava destinado a se tornar Santo, inspirou a um grupo de guaratinguetaenses, a fundação de uma Maternidade, tendo Frei Galvão como Patrono. Foi inaugurado no ano de 1941. Situado entre as ruas Domingos Leme e Gastão Meireles, este hospital ampliou-se com o tempo, possuindo hoje amplas e modernas instalações e atendendo a grande número de enfermos e carentes, nas várias áreas da medicina. Em seu corredor de entrada está uma grande tela a óleo, de autoria de Frei Geraldo Roderfeld, OFM.

Representa a consagração de Frei Galvão a Nossa Senhora, ato assinado com o próprio sangue, documento este guardado no Mosteiro da Luz, em São Paulo. É este quadro motivo de devoção a Frei Galvão. Nele, seus devotos, parturientes e doentes depositam suas esperanças de cura e vida e ali até cumprem inúmeras promessas.

Índice