Frei Galvão através dos tempos

Em uma época em que poucos aviões haviam sido construídos, o Aeroclube de Guaratinguetá recebeu, em 1942, a doação de dois monoplanos para a sua Escola de Pilotagem. Um desses aeroplanos teve Frei Galvão como patrono, nome que foi escrito em sua fuselagem, com o prefixo PP-TVD.

De modelo HL-1B, possuía hélice e asas de madeira, com um raio de ação de 350 km e velocidade máxima de 150 km horários.

Índice